Época das podas: informe-se antes de fazer

De maio a agosto é o período recomendado para a população realizar uma poda correta das árvores dentro de suas residências. Assim, a Prefeitura Municipal, através do Departamento de Meio Ambiente e da Secretaria de Obras, alerta a comunidade para realizar a poda dentro das definições da Lei.

A poda feita corretamente contribui para o desenvolvimento saudável das árvores e, consequentemente, traz a harmonização na arborização da cidade. É com este objetivo que a Prefeitura, alinhada à preservação, alerta a comunidade para observar o que diz a Legislação sobre Podas no município.

Para o corte ou poda de árvores nativas em propriedades particulares, o proprietário deverá solicitar o licenciamento florestal no Departamento Municipal de Meio Ambiente; já a poda em logradouros públicos deverá ser solicitada à Secretaria de Obras do município, que já possui autorização ambiental para este fim (Lei municipal nº2088/2006).

Árvores ou galhos que apresentem risco eminente à população, pode-se acionar a Defesa Civil do município, através do telefone (54) 3324-8500. Se apresentar risco eminente de queda, o Corpo de Bombeiros pelo número 193. Para árvores que estejam atingindo a rede de energia elétrica deverá ser solicitada a poda na Concessionária de Energia responsável, que deverá ter autorização ambiental para este fim.

Uma dica do Departamento é que a poda deverá ser realizada nos meses que não possuem a letra “R” em seu nome: maio, junho, julho e agosto. Nestes, a planta se encontra em repouso, facilitando assim sua regeneração. “Somente em casos emergenciais poderá ser feita fora do período”, informa a bióloga do Departamento Municipal de Meio Ambiente (DMMA) de Ibirubá Elisângela Althaus.

A poda não pode ser realizada todos os anos, pois podas sucessivas, nos mesmos pontos dos galhos resultam no “envassouramento”, com vários galhos saindo do mesmo local. “Isto poderá resultar em um fluxo de seiva insuficiente e no enfraquecimento dos ramos, comprometendo a saúde das árvores, tornando-as raquíticas, ocas e até provocando a sua morte”, explicou Elisângela.

É fundamental que a população busque informações no Departamento Municipal de Meio Ambiente antes de fazer o manejo, pois podas com remoção total da copada, incorretas ou sem autorização ambiental é passível de sanções previstas no Decreto Federal Nº 6.514/2008 e Lei Municipal Nº 2.088/2006, informou Roberto Zeilmann, agente de fiscalização do DMMA.

O Departamento de Meio Ambiente, vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, fica na Rua Firmino de Paula, 799, próximo à Câmara de Vereadores. E atende pelo telefone (54) 3324-8570.

O recolhimento dos galhos podados, quando colocados no passeio público, é feito pela Secretaria de Obras, de acordo com o cronograma de trabalho estabelecido, disponível no site da Prefeitura Municipal, através do link “http://www.ibiruba.rs.gov.br/municipio-recolhimento-de-galhos/”.

Magda Pimentel

Assessoria de Imprensa

imprensa@ibiruba.rs.gov.br

Administração 2017-2020